sábado, 7 de maio de 2011

O OPOSTO DO FMI OU DO FEEF - Part 1

Dizem que foi a pior coisa que já disse na minha vida, mas vejam noutra respectiva:

Com a queda de vários países da Zona Euro, nomeadamente a Irlanda, a Grécia, Portugal, daqui a alguns anos se esta queda não resolver, toda a própria União Europeia pode estar em perigo de destruiiiição. O Durão Barrosinho ou até mesmo o Vitorzinho Constâncio podiam levar uma ideia ao Parlamento Europeu. Essa ideia consistia em fabricar uma pequena quantia de dinheiro. Já que Bruxelas possuí uma máquina que qualquer Homem queria ter, podiam fabricar uns poucos de 13500 mil milhões de euros. Distribuía-se esse dinheiro a cada estado membro, ou seja, dava mais ou menos, 500 mil milhões a cada país. Esse dinheiro resolvia a crise de Portugal, da Irlanda e da Grécia e os países ricos ficavam na mesma OS MAIS RICOS e AINDA MAIS RICOS. Nós ficávamos foram da crise e na igual situação de à 10 anos atrás, isto é muito inferiores à Alemanha e França. Grande solução, penso.

Portanto, Barroso e Constâncio, sem deixar de fazer uma verdadeira falácia de misericórdia, apelo-vos ao bom senso e assim colocar essa ideia no parlamento. Não vos custa nada, simplesmente vêem o "não garantido", oficializando assim a queda de Portugal.


1 comentário:

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)
Mas quem é que esta gente é para agora meter-se com Portugal?