sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

As formas de não sair da sala de cinema quando o filme não nos sastisfaz.

Há muito, muito tempo quando as pessoas ainda conjugavam as suas festas de anos com uma ida ao cinema, tudo era perfeito: as inúmeras namoradas, as idas sucessivas às discotecas, os filmes que viamos com o intuito de consolar as "damas" que não paravam de chorar por B ter morrido e deixado A desesperada, acabando por se suicidar. Enfim era tudo perfeito e não agora que até a crise bateu à porta da qualidade dos filmes mas não se preocupem. Oiçam as coisas que podemos fazer dentro de um epaço só reservado para nós durante duas horas.


  • Faz do cinema a tua segunda casa (vai lá para dentro com umas revistas e mete o crouchet em dia)
  • Faz do cinema  a tua mini-discoteca (vai lá para dentro e mete-te a dançar com a música do teu telemóvel.)
  • Faz do cinema a oportunidade de estar com a tua namorada um pouco mais tempo, sem interrupçoes dos pais ou dos amigos. (Até parece que esta opção já não se fazia antigamente.)
  • Faz do cinema a tua sala de refeições já que no shopping as mesas estão sobrelotadas e não há sitio para se sentar.
  • E por fim faz do cinema a afitriã de uma guerra de dois mundos à parte, nos quais as nonições ou são as calorosas e saborosas pipocas ou os refrescantes cubos de gelo que a bebida oferece.


Por favor, não tentem isto em casa e qualquer das situações referidas em cima que já tenham acontecido, são meras coincidências.

Sem comentários:

Enviar um comentário

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)
Mas quem é que esta gente é para agora meter-se com Portugal?