domingo, 26 de dezembro de 2010

UM DIA, QUEM SABE

Um dia escrevo um livro no qual as personagens são "as minhas amiguinhas forever".

Um dia faço um esforço para entender o idioma do padre da minha paroquia.

Um dia deixo de mandar sms quando estou à mesa com os meus pais.

Um dia acordo e mato o namorado da minha eterna  "quem me dera" namorada.

Um dia sento-me à frente do computador e viajo nas minhas memórias atravês do youtube.

Um dia deixo de adormecer nas aulas de geografia e ofereço uma recheada operação plástica à própria professora.

Um dia paro de mandar "xD" ou "LOL" nas conversas onlines.

Um dia sento-me das 21:00h à 00:00h no sofá admirar a bela ficção nacional que a TVI oferece com bom olhos.

Um dia deixo de conjugar maravilhosas palavras com "tipo" (ex: olha lá, faças isso, tipo...)

Um dia deixo de chatear "as minhas amiginhas forever" com sucessivas correntes.

Um dia mando uma carta de reclamação aos donos do Facebook afirmar que eles têm de arranjar uma forma para que no dia a seguir não veja a minha caixa de mensagens (e-mail) entupida com 145 mensagens a dizer que "o individuo comentou uma foto de ti" ou "o individuo escreveu no seu Mural" (É que estou farto de estar apagar sucessivamente e-mails e já que estão a puxar por este assunto e que tal fazermos uma petição para que haja a hipotese de haver um recorde para este caso tão popular. Eu já cheguei a ter no meu mail 237 mensagens seguidas. É merecedora de recorde do mundo ou não é?


Um dia há-de chegar o dia em que Deus faça-me cumprir o que disse. Um dia, quem sabe!

Bugs Bunny é uma das memórias que um dia vou reviver no youtube.

Sem comentários:

Enviar um comentário

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)
Mas quem é que esta gente é para agora meter-se com Portugal?