quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

A modernice

Antigamente nós íamos para a discoteca engatar gajas e pouco tempo estavamos na cama com elas. Divertiamos algum tempo e depois no dia a seguir, iamos embora deixando a pobre da rapariga na cama a dormir como um anjo. Naturalmente despediamos da rapariga com um textinho desenrascado à hora do tipo: "Querida, amei a noite, mas os meus pais tem de viajar e eu tenho também de viajar. Amo-te e nunca te vou esquecer." Em primeiro lugar tratavamos as raparigas por querida para não caímos no erro de trocar nomes e em segundo lugar arrajavamos uma desculpa para não haver retaliação depois. O que está escrito em cima era normal (a lei dos homens) mas parece que até isso está a sofrer modernices para alguns casos.

Ouvi dizer que agora (com a mordernização) sao os rapazes a serem deixados na cama pelas gajas. Além disso ainda as gajas tem a lata de escrever um bilhete com o mesmo tipo quando eramos a escrever. Só os gajos que passaram por isso é que podem aconselhar mas mesmo assim aqui vai um conselho que pode impedir a HUMILHAÇÃO da vossa vida.

Levem-na sempre para a casa dela e nunca caiem no erro de irem parar à vossa casa,assim como à vossa cama.


Não tem nada a ver com o texto mas quem é que liga a isso?





Sem comentários:

Enviar um comentário

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)

ATENTADO A PORTUGAL (LISTA NEGRA)
Mas quem é que esta gente é para agora meter-se com Portugal?